Sou só eu, ou parece que 2019 ainda nem terminou?

Com a pandemia de covid-19, os dias aparentam ser todos iguais a se repetirem infinitamente

pandemia dá impressão que os dias são sempre os mesmos

Não sei vocês, mas eu me sinto naquele filme Feitiço do Tempo, que passava muito na Sessão da Tarde, em que o Phil (Bill Murray) acorda várias vezes na mesma data, que é o Dia da Marmota, e os dias seguem se repetindo até ele fazer uma determinada coisa certa, que poderia então quebrar o tal feitiço. Com essa pandemia de covid-19, que parece estar enlouquecendo as pessoas, presa em casa, perdendo noção de final de semana, todos os dias parecendo tão iguais, eu tenho me sentido no filme da marmota – aliás em alguns dias me sinto a própria marmota.

Muitas pessoas dizem que tiveram perdas importantes em 2019, não apenas materiais, mas também físicas e emocionais. Mudanças que impactaram bastante a vida, não de forma positiva. O ano de 2019 foi avançando e fomos sobrevivendo, jogando a esperança para o novo ano que já estava batendo à porta.

Nem é preciso dizer que 2020 tem sido uma decepção mundial em tantos níveis que ficaria difícil enumerar. Por isso, em alguns momentos parece que 2019 não acabou. Acho que faltou alguma coisa, como lá no filme: vai ver faltou comemorar devidamente, pular as sete ondas, dar três pulinhos saudando o novo ano com o pé direito. Sei lá se foi o horário de verão – que não tivemos -, de repente o Sr. Tempo já estava acostumado e com a mudança não captou nossos pedidos. Mudou tudo e fizemos no horário errado. Não sei, mas está faltando algo para sairmos desse eterno 31 de dezembro de 2019 e finalmente começar 2020, o ano que iria nos trazer esperança, dias melhores, um futuro melhor.

Novamente, não sei vocês, mas eu já estou aqui separando uma roupitcha branca, uma faixa amarela dourada, para atrair dinheiro, e quando der meia-noite vou para cima do sofá dar um grande pulo – com o pé direito, claro. Quem sabe assim 2019 acaba.

“Adeus ano velho, feliz ano novo, que tudo se realize…”

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*